Alves Contabilidade assessoria para Igrejas e Centros Religiosos

Abertura de Igreja

 A Alves Contabilidade é referência no atendimento às Igrejas e Centros Religiosos. Há mais de 20 anos prestando excelentes serviços.

Elaboramos desde a Ata de fundação, Estatuto Social e demais documentos exigidos pela legislação vigente. Após isso Registramos em Cartório, Inscrição no CNPJ e em outros órgãos cabíveis.

Após registro entregamos toda documentação e sua igreja, ou centro religioso pronto (a) para dar seguimento no seu projeto religioso.

Alves Contabilidade assessoria para Igrejas e Centros Religiosos

O que precisa para abertura de uma igreja?

Diretoria Executiva: Precisa-se no mínimo 03 (três) pessoas, mas na falta de 03 (três) pode compor a Diretoria Executiva apenas com 02 (duas) pessoas, com os seguintes cargos: Presidente e Secretário. Se for três pessoas, ou mais os cargos são: Presidente, Secretário e Tesoureiro. Se tiver mais pessoas podem fazer parte da diretoria também exemplo de cargos: Vice-Presidente, 2º Secretário, 2º Tesoureiro etc.

Conselho fiscal: Precisa-se no mínimo 02 (duas) pessoas para compor o conselho fiscal. O conselho fiscal é facultativo, ou seja, não é obrigatório, porém, ele visa dar credibilidade ao Estatuto Social.

Assim também para o Conselho Fiscal, orientamos que o máximo de conselheiros é até 10 (dez) pessoas, não a necessidade de colocar mais do que isso.

Qual a função da Diretoria?

A Diretoria Executiva é o órgão máximo e soberano de uma  Igrejas, ou Centro Religioso, a diretoria tem pleno gozo de seus direitos e incumbe de administrar a entidade, e convocar as assembleias, ordinárias e extraordinárias. Dentre outras funções a diretoria que:

  1. Fiscaliza os administradores da entidade, na consecução de seus objetivos;
  2. Eleger e destituir os membros da diretoria executiva;
  3. Aprovar o regimento interno que regulamente as diretrizes e os vários setores de atividades do templo;
  4. Deliberar sobre a previsão orçamentária e a prestação de contas;
  5. Analisar e definir o planejamento de trabalho do período seguinte;
  6. Reformular os Estatutos;
  7. Deliberar quanto à dissolução do templo;
  8. Decidir em ultima instância.

Lembrando que no estatuto cada membro da Diretoria terá suas atribuições e competência para desempenhar.

Qual a função do Conselho Fiscal?

O conselho fiscal se incumbe de fiscalizar a Diretoria, tem como objetivo indelegável fiscalizar e dar parecer sobre todos os atos da Diretoria, dentre as funções estão:

  1. Examinar os livros de escrituração da Igreja, ou Centro Religioso;
  2. Opinar e dar pareceres sobre balanços e relatórios financeiro e contábil, submetendo-os a Assembleia Geral Ordinária ou Extraordinária;
  3. Requisitar ao Tesoureiro, a qualquer tempo, documentação comprobatória das operações econômico-financeiras realizadas pela Entidade;
  4. Acompanhar o trabalho de eventuais auditores externos independentes;
  5. Convocar Extraordinariamente a Assembleia Geral da irmandade;
  6. O Conselho Fiscal reunir-se-á anualmente na segunda quinzena de janeiro, em caráter ordinário e, extraordinariamente, sempre que convocado pelo Presidente da entidade, pela maioria simples dos membros ou pela maioria dos membros do próprio conselho fiscal.

 A Alves Contabilidade é um Escritório Contábil especializado em Igrejas e Centros religiosos.

 

Alves Contabilidade assessoria para Igrejas e Centros Religiosos

Ligue, ou nos chame no Whatsapp, ou envie um contato ONLINE.

11 3229-9277    Cel Whatsapp 11-9.9608-3728

E-mail: alvescontabilidade@uol.com.br

Rua Brigadeiro Tobias, 247, Conj. 1219, Centro, São Paulo -SP

Cep 01032-000  Próximo a  Praça do Correio e Metrô São bento.

 

Alves Contabilidade assessoria para Igrejas e Centros Religiosos